Sobre

Conheça melhor o Mestre Feinho, criador deste projeto e seus desdobramentos.

FB_IMG_1550147496199.jpg

Mestre Feinho

Mestre Feinho (como é conhecido no meio cultural)  é formado em Educação Física, pós-graduado em Abordagem Transdisciplinar Holística pela UNIPAZ- RJ, fundador e diretor da Casa do Saber Popular, Mestre de Capoeira, criador e mentor do Grupo Cultural Sopro de Gaia e do Coletivo Ondas do Mar de Capoeira Angola e pesquisador de diversas expressões culturais brasileiras. Discípulo do saudoso Mestre Peixinho (Grupo Senzala), foi também aluno do grande Pierre Weil (UNIPAZ). Em sua trajetória, desenvolveu o projeto "Cultura Popular para a Paz" que vem disseminando em diferentes espaços com públicos de diversas faixas etárias. Além disso, realizou, em sua trajetória, mais de 30 eventos ligados à cultura, reunindo mestres e grupos culturais brasileiros. Participou, ainda, de eventos importantes, em 12 países, junto a Mestres(as) expoentes de diferentes expressões, realizou shows de dança e música popular brasileira, produziu materiais escritos e audiovisuais e gravou 15 CD´s, contribuindo para a preservação da memória cultural de nosso país.

Casa do Saber Popular

A Casa do Saber Popular se constitui como um espaço de vivência, valorização e preservação da rica Cultura Popular Brasileira em suas diversas manifestações.

Localizada na comunidade do Jardim Maravilha (Guaratiba / Rio de Janeiro), em uma área carente de educação, arte, cultura e lazer, a Casa do Saber Popular oferece possibilidades para se desenvolver talentos e habilidades nas diversas áreas de desenvolvimento humano que possam indicar a vocação para diferentes atuações profissionais.

Através de aulas de Capoeira, Danças Brasileiras, Canto Popular, Percussão, Confecção de instrumentos e outras atividades e eventos, a Casa do Saber Popular vem oferecer à comunidade a oportunidade de se aproximar de suas origens, reconhecendo a importância das influências afrodescendentes na cultura e na história do povo brasileiro. Com esse resgate, os praticantes das manifestações populares têm a possibilidade de reconhecer-se nessa história, elevando sua autoestima e seu olhar mais reflexivo a respeito de si, do outro e do mundo.

Anualmente, realiza o evento "Mitos e Ritos da Cultura Popular Brasileira" que reúne Mestres(as) de diversas expressões, vindos de diferentes locais do Brasil, para compartilhar seus saberes ancestrais e manter viva a memória cultural de seus antepassados.

csp.jpg